Segunda, 25 Jun 2018 -

Palmas ultrapassa meta do Ministério da Saúde e imuniza mais de 50 mil pessoas

 

O município de Palmas já ultrapassou a meta estipulada pelo Ministério da Saúde para a Campanha de Vacinação contra Influenza que é vacinar 90% do total de pessoas correspondentes aos grupos prioritários. Até o momento 50.707 pessoas já foram imunizadas na Capital, o equivalente a 93% da meta que é 54.527 pessoas. Entretanto, ao analisar os índices de cada grupo, constata-se que alguns ainda deixam a desejar como é o caso das crianças, gestantes e puérperas, que estão bem abaixo da meta individual.

 

 

De acordo com dados da Central de Vacinas da Secretaria Municipal de Saúde (Cemuv/Semus) do total de 19.825 crianças a serem vacinadas, apenas 12.768 foram imunizadas, ou seja, 64,4% da meta. Entre as gestantes, 2.441 já tomaram a vacina, o equivalente a 67% da meta que é 3.641 gestantes. E das 599 puérperas (até 45 dias após o parto) apenas 468 foram imunizadas o que equivale a 78,1% da meta.

 

Os demais grupos ultrapassaram a meta: 11.688 idosos imunizados (110,5% já que a meta era 10.578); 11.082 pessoas com doenças crônicas (112,7%, a meta era 9.830); 3.439 professores (101,1%, a meta era 3.400) e 8.821 trabalhadores da saúde (132,6%, a meta era 6.654).

 

O secretário executivo de Saúde Marcus Sena reforça que a campanha segue até o dia 1º de junho e que não há nenhuma sinalização para prorrogação. “Pedimos aos pais que procurem os centros de saúde da Capital e vacinem seus filhos de seis meses a menores de cinco anos. Que as gestantes em qualquer período gestacional também procurem os centros de saúde, assim como as mamães que tiveram seus filhos recentemente. A vacina é uma forma de prevenir doenças e tenho certeza que ninguém gosta de ficar doente”, reforça Sena, agradecendo o empenho dos profissionais da saúde envolvidos na campanha de imunização.